OpenStreetMap

Diary Entries in Brazilian Portuguese

Recent diary entries

Que tal jogar "Pac-Man" pelas ruas da sua cidade? - Conheça o BucketMan - Coloring your city

Posted by santamariense on 27 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fiz a tradução para Pt-Br sobre o wiki do aplicativo. Confira:

"BucketMan - coloring your city" ("BucketMan - colorindo sua cidade") é um jogo para dispositivos móveis que é similar ao Pac-Man mas o cenário é as ruas do mundo real. Atualmente ele só foi elaborado para dispositivos com Android. Mas em breve você também poderá jogar em seu IOS. O jogo está em seu estágio beta e pode ser baixado na playstore. Ou também pelo site oficial do game. Você pode ver o video de divulgação do game em português (Pt-Br) no youtube.

O Jogo:

No jogo você controla o BucketMan para colher água e tintas de modo a evitar que os VIA (Veículos de Inteligência Artificial), em inglês AIV's, dirijam pela cidade com um unico objetivo: dirigir o máximo possível, congestionando a cidade. Você pode pular sobre os AIV´s e recolher tintas para pintá-los, deixando-nos inofensivos. Você pode desbloquear as supertintas para ficar o "hulk" e daí quem atropela os carros é você. Dependendo da cor, você tem a recompensa. Durante o jogo você pode mudar a água e as tintas para melhorar as habilidades (velocidade, tempo de pulo, ...) e as características (tempo de vida, entre outros).

O tempo não pára e você precisa coletar água para poder passar de fase, com a água você ganha tempo, e matando os AIV's também.

Há dois principais modos de jogo: Missões e sobrevivências. Nas missões você tem que fazer as tarefas, como pular sobre 8 AIV's, pintar certos AIV's de determinadas cores, matar um certo número de AIV's de uma específica cor, ...

No mapa de sobrevivência você simplesmente tem que... sobreviver. Aqui você pode coletar águas e tintas para deixar seu BucketMan melhor. Existe também um ranking mundia via Google Play Game Services para mapas salvos, onde constam as pontuações de cada mapa. Além dos mapas salvos você pode também jogar os mapas online do local onde você está (desde que haja conexão com a internet e GPS).

Os mapas online são enviados pelos usuários de todo o mundo. Cada mapa online tem seu próprio ranking que permite uma batalha pelo comando de seu bairro.

Links:

*Link para o vídeo no youtube (Pt-Br)

*Link para o vídeo no youtube (En)

*Site oficial do game:

*Link para baixar na PlayStore

Mapas de calor ou dados agrupados com o Mapa do RGM

Posted by Edil Queiroz de Araujo on 26 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Agrupar marcadores pode ser muito interessante. Agora o mapa do RGM suporta agrupar elementos e marcadores ou exibir os dados no estilo "mapa de calor".

Saiba mais no tutorial http://rede.acessasp.sp.gov.br/blogada/crie-facilmente-mapas-de-calor

Mapeando mais locais históricos em grupo

Posted by Edil Queiroz de Araujo on 24 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Registrando rapidamente a atividade, nesta quinta, dia 20/08/2015, visitamos o bairro Barreiro Cabral nas proximidades de onde ficava o bairro Freguesia Velha. Lá se encontram grandes riquezas visuais, naturais e históricas.

Primeiro visitamos o cemitério que foi transferido da Freguesia Velha para construção da fábrica de cimento por volta da década de 70 e a igreja erguida ao seu lado.

Depois fomos um pouco mais na frente até uma mina de ouro abandonada, dos tempos do ciclo do ouro na região, onde existe ao lado uma famosa figueira gigante e logo abaixo, no Rio das Almas, um Encanados, construção de pedra para exploração de ouro apresentando pedras que foram cavadas por intervenção humana.

Mais detalhes sobre essa atividade: http://rede.acessasp.sp.gov.br/blogada/mapeando-mais-locais-historicos

Location: São Pedro, Ribeirão Grande, Microrregião de Capão Bonito, Mesorregião de Itapetininga, São Paulo, Região Sudeste, 18315-000, Brasil

Cidade de Itapoá / SC / Brasil

Posted by tomio on 21 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

A Prefeitura Municipal de Itapoá, representada pelo Sr. Luis Carlos Zagonel (Chefe de Gabinete do Prefeito), autorizou em 12/08/2015, a utilização dos dados do município disponibilizados no site municipal para uso no OSM.

Esta valiosa e importante colaboração, me permitiu cadastrar todas as vias urbanas constantes no Mapa Geral 2014, com os seus nomes oficiais.

Agora, as pessoas podem conhecer ou locomover-se por este belo Balneário Catarinense, utilizando as informações do Openstreetmap.

Parabéns ao Prefeito de Itapoá e a sua equipe por esta exemplar atitude.

Edições baseadas em notas do mapa

Posted by Edil Queiroz de Araujo on 18 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Vou usar este post para documentar notas no mapa que usei ou notas interessantes.

416187

Sítio Sanches https://www.openstreetmap.org/note/416187

402413

Antigo Caminho, provavelmente usado durante o período colonial http://www.openstreetmap.org/note/402413

E lá se vão 1000 edições

Posted by santamariense on 2 August 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Na noite do dia 26 de janeiro de 2013 conheci o OpenStreetMap. No perfil do meu usuário consta 27 de janeiro, mas creio que o horário deve ser o de Londres, portanto aqui ainda era 26. No dia 27 de janeiro ocorreu o sinistro mais marcante da Cidade Coração do Rio Grande, o Incêndio da Boate Kiss e, por isso sempre me lembro do dia que conheci o mais promissor mapa que o mundo já conheceu.

Esta edição de #1000 ocorreu por acaso, devido a ter que salvar os dados no JOSM e reiniciar, porque as vezes ele dá bug e nem baixa, nem envia dados. Ao colocar para enviar os dados, esqueci de configurar para um changeset existente. E isso não ocorre somente com o JOSM, as vezes utilizo o Potlatch 2 no modo avançado (quando o JOSM não está ao alcance) e acostumado com o JOSM dou Ctrl+C querendo copiar algo e acabo por fechar o changeset.

Como disse o usuário naoliv, o número de edições não diz muita coisa. Em uma edição você pode apenas mudar um ponto de lugar, ou desenhar todas as ruas de uma cidade, então isso não importa muito, e sim o quanto a gente contribui para o OSM. Quando estava lá pelas edições de 900 e algo conheci o "How did you contribute to OpenStreetMap ?" e para a minha surpresa estava entre os 1400 mapeadores mais assíduos do OpenStreetMap. E olha que somos mais de 2 milhões!!! Então por meta pessoal decidi acelarar as colaborações para chegar as 1000 edições entre os 1000 mapeadores que mais contribuem segundo o HDYC, e acabei por estar entre os 800 que mais mapeiam hoje (#795 N, #747 W, #433 R).

O HDYC leva em consideração apenas as variáveis número de nós, linhas e relações. Não conta o tempo dedicado às idas a campo coletar dados, o tempo divulgando o OSM para quem tem potencial em usar ou contribuir ao projeto, entre outras variáveis. E o que vale mais: A criação de 2000 nós para limitar uma área de mato ou a adição de 1 nó para indicar um hospital? Chega-se então à conclusão que todas as contribuições de boa fé são boas e bem vindas e, o que vale sim é contribuir seja um pouco ou seja bastante.

Durante estas 1000 edições concentrei esforços para detalhar o município que moro (Santa Maria, RS) e onde fiz a maioria das minhas edições. Tenho mapeado o município de forma a abordar todos os cantos, quer zonas rurais ou urbanas. Alguns usuário se concentram em mapear estradas, outros matos, outros... Eu me concentro em mapear um local e tudo que se pode nele mapear. Minhas idas ao wiki do OSM é frequente em busca de tags, porque seguidamente me deparo com coisas a adicionar ao mapa que não havia adicionado ainda.

Quanto aos editores usados, comecei com o padrão da época do início de 2013, o Potlatch 2, com o qual fiz mais da metade das minhas edições. Das minhas edições. Mas não certamente com o qual adicionei mais dados ao OSM. Após muita relutância em desapegar do Potlatch 2, por sugestão de outro grande colaborador da cidade, o usuário portal aventura, comecei a usar o JOSM e passei a descobrir as poções mágicas (plugins) que facilitam as edições no mapa.

Não. O JOSM não é na minha opinião o melhor pra tudo. Também já editei com o ID, mas entre os editores online ainda prefiro o Potlatch 2 no modo avançado porque geralmente quando edito é para contribuir com dados em massa. O Vespucci é excelente editor para android que já usei. A gente sai com o celular por aí e edita o mapa na rua sem precisar levar anotações para casa, mas como já disse ainda há muitas informações em massa quando vou a campo e por isso não é muito útil para o momento. Quem sabe quando o mapa de Santa Maria estiver "completo" eu passe a usar mais o ID e o Vespucci para fazer uma ou outra pequena edição. E para encontrar dados ainda não mapeados no OSM dentro de um local aparentemente completo, os editores online são os mais indicados. Também tive duas edições com o OSMAnd, não me perguntem o que, espero não ter estragado o mapa. Adoro o OSMAnd (meu navegador de bolso), mas o que eu gosto mesmo é de editar os dados na camada "código-fonte" e não em editores que colocam uma camada amigável entre você e o mapa. Por isso, também vi potencial no Level0 onde por ele terminei de colocar as tags população, IBGE:GEOCODIGO, wikipédia e wikidata aos bairros da cidade que ainda não as tinha.

Vamos então a cidade a qual tenho colaborado (junto com outros usuários obviamente). Santa Maria tem entre alguns objetos (quase que) inéditos em relação ao total do Brasil já mapeados:

  • 10% das árvores (natural=tree)
  • 84% das cor de telhas em contruções (roof:colour)
  • 10% dos do número de andares em construções (buildng:levels)
  • 82% das cores de contruções (buildng:colour)
  • 83% do material das contruções (building:material)
  • 89% do material da cobertura de contruções (roof:material)
  • 39% do telefones públicos com número (amenity=telephone) + (phone) ou (contact:phone)
  • 13% do formato da cobertura de contruções (roof:shape)
  • O único a ter da numeração de apartamentos. Há outro em Lajeado, no mesmo estado, mas creio que que foi mal tagueada, o certo seria addr:door.
  • Junto com Presidente Venceslau, os únicos municípios a terem o mapeamento de setores censitários. Aqui em Santa Maria está a meio caminho andado.

E olha que a população de Santa Maria não chega a 0,15% da população do Brasil e nem a 0,021% do seu território.

Decidi mapear essas peculiaridades porque percebi que administrava mal o tempo a campo quando saia para coletar numeração de casas. Então para aproveitar melhor a oportunidade anoto a numeração de casas no OSMPad, ou em mapa impresso, e levo sempre um gravador de voz onde descrevo as construções com o numero da casa, cor, andares, material das paredes e material da cobertura e se tem algum escritório ou comércio, anoto o nome, contatos, horários de funcionamento e muito mais. Isso sem gastar mais tempo pois anotar algo em áudio é rapidíssimo. Aproveito a ocasião para descrever paradas, de ônibus, restrições de conversão, quebra-molas, faixa de pedestres e muito mais.

E sobre os setores censitários, olha só que interessante: Não tá nada difícil fazer isso pois a maioria de suas delimitações (ruas, sangas, cercas, alinhamentos) já estão no mapa. Uma informação já existente no mapa facilita a vinda de novas.

Mapear no OpenStreetMap é um bom passatempo. Ver um local se colorindo e dados constarem no mapa edição após edição é muito divertido e gratificante.

Então... Que venham as próximas 1000 edições.

Location: Rincão do Fundo, São Valentim, Santa Maria, Microrregião de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Região Sul, Brasil

Nova versão do mapa do RGM

Posted by Edil Queiroz de Araujo on 31 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Apesar de alguns atrasos, conforme escrevi antes agora lanço a nova versão do mapa do RGM.

Ele destaca 3 novidades:

  • Galeria dos mapas que já foram criados

  • Opção de compartilhar de diferentes formas, incluindo QR Code

  • Opção de remixar os mapas, adicionando mapas criados no editor mapbox em novos ou nos mapas que já foram feitos

Visitem o mapa

Saiba mais

Diferença entre (tentar) arrumar algo fora do OSM

Posted by naoliv on 30 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Um amigo me dizendo que alteraram o sentido da rua que ele mora no Waze:

Ah, o waze, ia te falar. Mexeram lá, não pode mais virar na minha rua. Aí reclamei... um usuário editor respondeu. Cadastrei no site que edita mas não tenho privilégio ainda. Eu respondi pro cara meu argumento e ele ignorou. Vou ver se entro lá depois no chat pra discutir com alguém que tenha poder

E depois:

Pior que por causa disso o waze tá gerando umas rotas zoadas. E até menos de 1 mês atrás tava OK

Ao contrário do exemplo acima, no OSM qualquer um pode editar qualquer lugar, sem burocracia e com o diferencial de dar importância às pessoas que têm conhecimento do local!

Camisa de mapeador

Posted by leodobrasil on 23 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Para poder trabalhar melhor e mais seguro em áreas onde uma boa identificação do mapeador como pessoa inofensiva é de vantagem, resolvi fazer uma "camisa do mapeador". Quem quiser os arquivos (frente e verso, em *.png e *.svg, sem o URL mapaitapetinga.com.br) para fazer uma camisa numa camisetaria da sua cicade, é só mandar uma mensagem para a minha conta de usuário, informando o seu e-mail.

Camisa de mapeador / mapper shirt / Kartiererhemd

Location: Casas Populares, Residencial Moacyr Moura, Itapetinga, Microrregião de Itapetinga, Mesorregião do Centro-Sul Baiano, Bahia, Região Nordeste, 45700000, Brasil

Tracking Ituiutaba - Bairro Baduy

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro baduy

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Gilca Vilela

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro gilca vilela

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Doutor Marcondes

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro doutor marcondes

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Cidade Jardim

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro cidade jardim

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Nova Ituiutaba

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro nova ituiutaba II

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Jardim Europa II

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar bairro jardim europa II

Location: Distrito Industrial, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Tracking Ituiutaba - Ligação Bairros

Posted by Marcos Medeiros on 17 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Fazer levantamento por GPS para atualizar a ligação do bairro são josé com o setor norte

Location: Ituiutaba, Centro, Ituiutaba, Microrregião Ituiutaba, Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaiba, Minas Gerais, Região Sudeste, Brasil

Como acompanhar modificações em uma área

Posted by santamariense on 15 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

WhoDidIt Feed

Há já um meio ano que descobri o WhoDidIt Feed, que é uma maneira muito útil de saber por meio de RSS quem modificou o que em uma dada região. Rodo o RSSOwl diariamente e infelizmente sou o único na região que tem mapeado com afinco. Há também um alimentador onde se pode saber de novas notas e outro que se pode saber de novos usuários no OSM, ambos gosto também.

Pois bem, o WhoDidIt Feed falha num ponto: Ele não acusa modificações se elas ocorrerem somente em tags, ou seja, se for modificada, apagada, ou incluída nova tag, sem que se crie ou modifique as coordenadas de um ponto.

Alguém saberia de outra ferramenta que poderia usar para acompanhar isso? Ou até mesmo incluir esta função no WhoDidIt Feed?

Relato do Encontro OSM Brasília - Julho/2015

Posted by wille on 6 July 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

 From left to right: Wille, Jadson, Linhares and Luiz Carlos.

Fizemos mais um encontro da comunidade OpenStreetMap de Brasília no último sábado! Além de mim e de Linhares, tivemos a presença de Jadson e Luiz Carlos, que nunca haviam editado, mas que já possuíam interesse no OpenStreetMap.

Após nos encontrarmos em um café, saímos para mapear uma quadra comercial de Brasília. Essa quadra fica próxima do Setor Bancário e do Setor de Autarquias Sul, assim possui muitos restaurantes e é uma área onde circula muita gente durante a semana. Fizemos o mapeamento de todos os pontos de interesse utilizando um mapa impresso no Field Papers. Após a caminhada pela quadra, retornamos ao café para inserir os dados no OSM utilizando o iD.

Results of the mapping party in Brasília. July-2015

No mês de agosto, pretendemos realizar mais um evento, dessa vez será no Calango Hacker Clube, o hackerspace de Brasília. Assim que confirmado, posto as informações aqui.

Location: SQS 202, Asa Sul, Brasília, Distrito Federal, Região Centro-Oeste, 70347090, Brasil

Mapeamento histórico em grupo

Posted by Edil Queiroz de Araujo on 29 June 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Nesta sexta, dia 26 de junho de 2015, fizemos um mapeamento histórico em grupo para registrar um pouquinho sobre a cultura e o passado de Ribeirão Grande. Da ideia de nosso grupo surgiu um novo projeto, um projeto coletivo formado por pessoas e parceiros interessadas em reunir e compartilhar a cultura e a história local.

O principal foco dessa atividade foi fazer um registro de alguns locais que fazem parte da história da região. Eles se encontram em terras de bairros como Barro Branco, Passagem e Charol, muitas delas que agora pertencem a empresas para exploração mineral. Isso significa que a paisagem poderá mudar bastante e esses locais podem deixar de existir. Saiba mais http://projetorgm.com.br/blog/mapeamento/coleta-de-dados/mapeamento-historico-em-grupo/

Location: Barro Branco, Ribeirão Grande, Microrregião de Capão Bonito, Mesorregião de Itapetininga, São Paulo, Região Sudeste, Brasil

2000 edições no OSM

Posted by Ivaldo on 27 June 2015 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil)

Completei 2000 edições no OSM. Na verdade não ligo muito para isso e nem sabia que se contava o que os usuários faziam, mas depois um outro colaborador me informou.

Atualmente estou focado na delimitação dos bairros de Campo Grande/MS e seus milhares de parcelamentos, juntamente com o colaborador muzito. Acho que vamos acabar logo, pois ele está bem empolgado.

Gosto muito de trabalhar em equipe, pois o trabalho flui melhor. Além disso os colaboradores daqui - embora muitos - são bem inativos.

Google translation....

2000 editions in OSM

Completed 2000 editions in OSM. In fact I do not care much for it and did not even know whether to tell what users did, but then another employee informed me.

I am currently focused on the delimitation of the field neighborhoods Grande / MS and its thousands of installments along with Muzito employee. I think we will end soon, because he is well motivated.

I love to work in teams, because the work flows better. In addition employees here - though many - are very inactive.

Older Entries | Newer Entries