OpenStreetMap

Retrabalho provocado por mapeadores corporativos afugentará contribuidores?

Posted by portalaventura on 13 July 2021 in Brazilian Portuguese (Português do Brasil).

Cade vez mais tenho gasto tempo verificando e consertando edições de mapeadores corporativos, principalmente da Apple. Ao mesmo tempo, minha vontade em contribuir com o OSM diminui.

É ruim contribuir para depois ver o trabalho prejudicado por uma empresa que quer ajustar os dados aos seus interesses.

Ignoram a comunidade local, ajustam dados de estradas à uma fonte de imagem de satélite (ao invés de alinharem a fonte aos dados existentes) e esquecem os demais dados (construções, pontos de ônibus…), simplificam geometrias desnecessariamente…

Será que o volume de edições e quantidade de editores corporativos vai acabaram afugentando os demais contribuidores, tornando o OSM um mapa que, basicamente, atenderá os interesses dessas empresas?

Comment from adrianojbr on 14 July 2021 at 16:24

Bem observado! Estou passando por situação semelhante. Voltei a contribuir há pouco tempo e me senti totalmente desestimulado em fazer um acompanhamento mais abrangente das modificações efetuadas, haja vista a quantidade diárias de novos changesets feitos pelos mapeadores da Apple. De início, percebi alguns problemas óbvios como você relatou, em alguns casos também eu estava desatualizado. Mas é inviável acompanhar, mesmo percebendo que às vezes incluem erros por usarem fontes desatualizadas. É triste ter o trabalho de pesquisar, avaliar várias fontes, muitas vezes se dirigir ao local para conferir e de repente o mapa é alterado usando como base simplesmente o nome de ruas do IBGE ou imagem de satélite desatualizada.

Ainda não vou abandonar o barco, mas vou me concentrar a corrigir e atualizar nas partes que eu uso efetivamente, deixando de fazer verificações de erro no mapa.

Comment from LucFreitas on 4 August 2021 at 22:02

Sim, é praticamente impossível acompanhar e corrigir. Passei pelo mesmo estresse há cerca de um ano quando começaram a realizar edições massivas na Região Metropolitana da Grande Vitória até o momento que decidi que não valia mais a pena.


Login to leave a comment