OpenStreetMap logo OpenStreetMap

Raquel Dezidério Souto's Diary

Recent diary entries

Treinamento teve foco na representação de feições com dados do Censo Demográfico 2022 (Brasil) e da cartografia social realizada no estado

IVIDES.org promoveu uma oficina híbrida sobre mapeamento colaborativo com OpenStreetMap e criação de mapa Web com uMap, para turma de estudantes de geografia da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o público em geral.

Na oficina, foram mapeados dados de estabelecimentos educacionais*, de três cidades cearenses - Paracuru, Caucaia e São Gonçalo do Amarante e de cartografia social**, com demonstração da criação de mapa Web com uMap, contendo camadas estáticas e dinâmicas, e com personalização de ícones.

No programa do treinamento, foram abordados: conceitos importantes de mapeamento colaborativo; modelo de dados, editores e aplicativos para dispositivos móveis, download e upload de dados do OSM; e três plugins para QGIS, importantes na criação de mapas estáticos. Além disso, foi mostrado rapidamente como utilizar o editor iD e consultar as etiquetas na Wiki OSM Map Features e no próprio editor.


Os arquivos da oficina e um roteiro para prática estão disponíveis em português, na pasta virtual. O vídeo gravado da sessão pode ser encontrado no canal IVIDES no YouTube

sessao UFC 1

sessao UFC 2

mapa Pici

Fortaleza, Ceará, Brasil.

Fontes dos dados da oficina:

* Censo Demográfico do Brasil (2022)

** Projeto de pesquisa de doutorado de Regina Balbino, integrante do Laboratório de Geoprocessamento e Cartografia Social (LABOCART-UFC) e candidata a doutora pelo PPGEO-UFC.

IVIDES.org® é uma marca registrada.


IVIDES_logo

Location: Centro, Fortaleza, Região Geográfica Imediata de Fortaleza, Região Geográfica Intermediária de Fortaleza, Ceará, Região Nordeste, Brasil

Mapeamento colaborativo com OpenStreetMap será realizado para avaliar aspectos relacionados à sustentabilidade de região estratégica para o país


convite

Este é um projeto promovido pelo Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável – IVIDES.org® e integrado à plataforma de iniciativas para alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), mantida pelas Nações Unidas.

A iniciativa, denominada Sustainable Brazilian Ocean and Coasts Initiative - Scientific community, OceanAction43529, conta com a participação da população e utiliza apenas software livre.


INSCREVA-SE AQUI para participar do piloto de mapeamento.

A pesquisa objetiva disponibilizar uma plataforma colaborativa para mapeamento de aspectos positivos e negativos das zonas costeira e marinha do Brasil, utilizando a base cartográfica digital OpenStreetMap.

Na primeira fase da pesquisa, em 2023, foi realizada uma consulta pública, a respeito de dois conjuntos de ícones para mapeamento, sobre a sua capacidade de comunicar o aspecto a ser representado.

Na segunda fase, 2024, está programada a realização de um mapeamento piloto, para teste da plataforma. Para tanto, foi disponibilizado um formulário eletrônico, desenvolvido com Enketo KoboToolbox, para inscrição dos(as) interessados(as), até 15 de julho de 2024, 23:59 (UTC).


INSCREVA-SE AQUI para participar do piloto de mapeamento.

Entre as feições a serem mapeadas, estão, por exemplo: (i) positivamente: posto de reciclagem, área marinha protegida (ou outras unidades de conservação), ponto para disposição adequada de lixo, posto de salva-mar, posto de informações para o turista etc; (ii) negativamente, os locais de ocorrência de derrame de petróleo (ou outros resíduos perigosos), de pesca ilegal, de despejo de esgoto in natura no ambiente, de extração ilegal de areia (ou outros minerais) etc.

A Dra. Raquel Dezidério Souto (IVIDES.org e UFRJ), coordenadora da pesquisa e responsável pelo desenvolvimento do sistema, salienta que a iniciativa tem por objetivo, avaliar a aplicabilidade do mapeamento colaborativo aberto, na inferência sobre o estado das zonas costeira e marinha, contando com VGI (volunteered geographic information).

O desenvolvimento de metodologia para ajudar a promover a sustentabilidade desta importante região é uma das etapas finais do estágio pós-doutoral, que a pesquisadora realiza há cinco anos, junto ao Programa de Pós-graduação em Geografia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGG-UFRJ).

IVIDES.org® é uma marca registrada.


IVIDES_logo

Oficina sobre mapeamento colaborativo com OpenStreetMap foi realizada para turma de estudantes da UCM


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org promoveu uma oficina sobre mapeamento colaborativo com OpenStreetMap (OSM) para uma turma de jovens estudantes, do curso de Mestrado em Sistemas de Informações Geográficas, da Universidade Católica de Moçambique.

Na oficina, foram abordados: conceitos importantes de mapeamento colaborativo, modelo de dados, editores e aplicativos para dispositivos móveis, download e upload de dados; e demonstração de uso do editor iD e dos plugins do QGIS (OSMDownloader, QuickOSM e QuickMapServices).

Os arquivos da oficina e um roteiro para pŕatica estão disponíveis em português, na pasta virtual.

sessao para UCM

geolocalizacao UCM

https://www.openstreetmap.org/node/9735481224

IVIDES.org® é uma marca registrada.


IVIDES_logo

IVIDES.org promoveu oficina para ensinar a mapear feições ecologicamente importantes


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org promoveu uma oficina sobre mapeamento de árvores e cobertura vegetal utilizando o OpenStreetMap, a maior base cartográfica colaborativa da atualidade.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/9e/Renderiza%C3%A7%C3%A3o_da_vegeta%C3%A7%C3%A3o_no_OSM.png

Na oficina, foram mostradas as etiquetas utilizadas para mapear árvores e cobertura vegetal no OpenStreetMap, além de destacar as iniciativas especiais, como o Environmental OSM.(OSM Ambiental), o mapeamento de árvores de Paul Dassori (OSM Latam) ou o esquema de conjunto de etiquetas proposto por Pedro Tharg (OSM Brasil).


Na página das oficinas temáticas, encontram-se todos os recursos e o vídeo está disponível no canal IVIDES no YouTube.

Também foi mostrado como mapear nos editores iD e JOSM, além da apresentação do plugin FastDraw, que permite o desenho à mão livre no JOSM.

Editor iD

Editor JOSM

IVIDES.org® é uma marca registrada.


IVIDES_logo


Tutorial sobre mapeamento de waterways com plugin FastDraw

Oficina sobre mapeamento de feições importantes para a redução de riscos de desastres (RRD) no OpenStreetMap

Desastre no Rio Grande do Sul (Brasil) - uMap para apoiar as ações de enfrentamento

Oficina sobre mapeamento de waterways no OpenStreetMap

Oficina sobre criação de web map com uMap e dados do OpenStreetMap

Palestra sobre criação de web map com uMap e dados do OpenStreetMap

Oficina sobre importação de pontos de interesse (POI) no OpenStreetMap

Mini curso para a Defesa Civil (Brasil)

Oficina sobre mapeamento de pontos de interesse (POI) com OpenStreetMap

Special interview about Brazilian NSDI on the first anniversary of YouthMappers UFRJ

Entrevista especial sobre a INDE no aniversário de 1 ano do YouthMappers UFRJ

YouthMappers UFRJ receives the Women’s Participation Award!

YouthMappers UFRJ recebe o Women’s Participation Award!

Our participation in the Open Data Day YouthMappers at UFBA 2024

Nossa participação no Open Data Day 2024 do YouthMappers at UFBA

Web map do mapeamento colaborativo para redução de riscos e desastes (RRD)

Web map of colaborative mapping for the Disaster Risk Reduction (DRR)

Mapear POI no OpenStreetMap e exibir dinamicamente com uMap

Mapping POI in OpenStreetMap and displaying dynamically with uMap

Resultados do GIS DAY 2023!

V Olimpíada Brasileira de Cartografia incluiu o OpenStreetMap como parte de sua etapa prática

V Brazilian Cartographic Olympiad included OpenStreetMap as part of its practical stage

Geocodificação com OpenStreetMap

Mapeamento humanitário e OpenStreetMap

Location: Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, Região Geográfica Imediata do Rio de Janeiro, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Região Geográfica Intermediária do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Região Sudeste, Brasil

Mapeamento de cursos d’água facilitado com o plugin FastDraw para JOSM

Dra. Raquel Dezidério Souto (IVIDES.org e YouthMappers UFRJ)

Este tutorial visa orientar a utilização do plugin FastDraw para Java OpenStreetMap Editor (JOSM), que facilita muito o desenho das feições e possibilita o traçado sinuoso, típico dos cursos d’água.

1- Instalar o JOSM https://josm.openstreetmap.de/

2 - Abrir o JOSM e instalar os plugins FastDraw e OpenData em Editar -> Preferências -> Plugins

3 - Realizar a autenticação na conta do OpenStreetMap (https://osm.org)

4 - Ainda com o JOSM aberto, em Editar -> Preferências, ativar a caixa de verificação “Modo especialista”, realizar a autenticação no OSM (item Servidor OSM) e ativar o Controle remoto. Clicar em Aceitar, para que as mudanças sejam efetuadas.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/f2/Fig0_autenticacao_josm.png/800px-Fig0_autenticacao_josm.png?20240530024843

5 - Escolher uma tarefa a ser mapeada em https://tasks.hotosm.org/projects/16706, clicar em mostrar tarefas, clicar em um quadrado branco e em Colaborar. Informar seu nome de usuário e senha do OSM.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a9/Fig1_HOTOSM_TM.png

6 - No JOSM, a tarefa será mostrada com a marcação da área da mesma. Tudo o que está fora da área de mapeamento, aparece com hachuras (listras). Deve mapear apenas dentro da área.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/06/Fig2_area_tarefa_josm.png

7 - Clique em um dos pontos já mapeados (pode ser o ponto de uma linha também). Copie as coordenadas em Editar -> Copiar coordenadas. (caso não tenha qualquer feição mapeada ainda, crie um ponto e copie as coordenadas).

8 - Vá no uMap com os trechos de drenagem da região da bacia hidrográfica Taquari-Antas (RS, Brasil), em https://umap.openstreetmap.fr/pt-br/map/desastre-rio-grande-do-sul-floods-2024-brasil_1064045, clique no ícone da lupa e cole as coordenadas para achar a área no mapa:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/32/Fig3_procura_umap.png

9 - Ainda no uMap, diminua o zoom (no ícone “-“ ou com a roda do mouse) e procure a cidade mais próxima, para a qual haja um trecho de drenagem no menu camadas. Para o exemplo que estamos utilizando, encontramos o trecho de drenagem de Sinimbu:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/9c/Fig4_encontra_trecho_drenagem.png

10 - Clique no ícone de olho na camada para ativá-la e desmarque TODAS as demais camadas. Clique na seta para mostrar outros ícones (ainda no menu a esquerda) e depois, no ícone de compartilhamento:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/3a/Fig5_ativa_trecho_drenagem.png

11 - Realize o download do arquivo da camada do trecho de drenagem, escolhendo o formato .gpx:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f5/Fig7_baixar_gpx.png

12 - Volte ao JOSM (que continua aberto com a tarefa que escolheu no HOT Tasking Manager) e abra o arquivo .gpx, pelo menu Arquivo -> Abrir

13 - Clique com o botão direito na camada do limite da tarefa (Boundary for task…) no painel de camadas e em aproximar para a camada. Isso fará com que o JOSM aproxime para a área de mapeamento da tarefa que escolheu no HOT Tasking Manager, no início do processo. Agora, são três camadas no painel:

  • Camada dos dados OSM

  • Camada do limite da tarefa

  • Camada com o desenho do trecho de drenagem correspondente

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a0/Fig8_menu_camadas.png

14 - Selecione a camada OSM Data no controle de camadas e ative o plugin Fast Draw, clicando no ícone do lápis. Devem ser desenhadas as linhas apenas na área da tarefa. Desenhe com o Fast Draw SOBRE as linhas destacadas em lilás e pressione ENTER duas vezes para que o desenho seja finalizado. A linha assumirá a cor vermelha. Inclua a etiqueta correspondente para o curso d’agua. Pela Wiki OSM, o córrego (waterway=stream) tem a largura suficiente para que alguém salte e chegue na outra margem (~ até 3m) Tendo largura maior que isso, deve ser mapeado como rio (waterway=river). Para indicar a fonte destes dados, inclua uma etiqueta extra: source=SEMA-RS (2019). Para medir a distância, trace um segmento de reta de margem a margem e verifique a distância no rodapé da janela do OSM.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/16/Fig9_icone_fast_draw.png

15 - Para verificar o sentido do fluxo do curso d’água desenhado, inclua a camada do OpenTopoMap, como imagem de fundo, no menu Camada -> OpenTopoMap. Se esta imagem estiver ruim, pode utilizar a camada OpenCycleMap. Se estas camadas não estiverem disponíveis, vá em Camadas -> Preferência das camadas. e ative as mesmas, para que apareçam no menu. Verifique as isolinhas de altitude (curvas de nível), se o curso d’água que desenhou segue da maior altitude para a menor altitude. Se estiver com o fluxo ao contrário, utilize o menu Ferramentas -> Reverter caminho (ou pressione a tecla R). Isso fará com que o fluxo fique na direção correta.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c0/Fig10_opentopomap.png

16 - Quando desenhar os cursos d’água, deve verificar também se as linhas estão conectadas (a), conforme o desenho abaixo. Caso não estejam, sobreponha os pontos finais de ambas as linhas (b) e utilize o menu Ferramentas -> Unir nós (ou pressione a tecla M).

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2a/Fig11_linhas_conectadas.png

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/ac/Fig12_linhas_merge.png

17 - Antes de enviar os dados (upload) para o OSM, utilize o validador do JOSM e corrija os erros relacionados aos cursos d’água, como falta de conexão entre os cursos ou direções erradas de fluxo. Por vezes, o validador acusa que o “curso d’água termina sem conexão com outro curso d’água”, mas nem todos os cursos d’água são conectados. Alguns cursos terminam sem conexão a outro ou terminam em um corpo d’água, como lagoa, p.ex. Avalie caso a caso.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/56/Fig13_resultado.png

18 - Após corrigir possíveis erros, realize o upload dos dados para o OSM, clicando no ícone da seta verde. Lembre de incluir os comentários sobre o que fez e indicar a(s) imagem(ens) de fundo que tenha(m) sido utilizada(s) (Bing, Esri, OpenTopoMap, OpenCycleMap etc). Não apague as hashtags que já estão incluídas, mas não comente apenas com hashtags.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/22/Fig14_upload.png

19 - Após enviar os dados para o OSM, volte ao navegador, onde está aberto o projeto no HOT Tasking Manager e marque como SIM ou NÂO para “Esta tarefa está completamente mapeada?” e em Atualizar tarefa.


Referência do plugin (EN) - JOSM/Plugins/FastDraw


IVIDES.org® é uma marca registrada.

IVIDES_logo

Location: Centro Histórico, Porto Alegre, Região Geográfica Imediata de Porto Alegre, Região Metropolitana de Porto Alegre, Região Geográfica Intermediária de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Região Sul, Brasil

IVIDES.org promoveu oficina para disseminar a importância dos dados e softwares abertos no contexto humanitário


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org promoveu uma oficina sobre mapeamento de feições importantes no contexto da redução de riscos de desastres, utilizando o OpenStreetMap, a maior base cartográfica colaborativa da atualidade.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/capa_yt_oficina4.png

Na oficina, foram mostrados os conceitos relacionados ao contexto de desastres e mapeamento colaborativo; as principais características, vantagens e limitações do OpenStreetMap e de programas relacionados; uma lista preliminar de etiquetas a serem consideradas; além de dois estudos de caso de desenvolvimento de mapas web com uMap - mapeamento de infraestrutura para RRD em Maricá (RJ, Brasil) e mapeamento para apoiar as ações humaniárias relacionadas ao desastre em curso no Rio Grande do Sul (Brasil).


Na página das oficinas temáticas, encontram-se todos os recursos e a agenda.

O vídeo está disponível no canal IVIDES no YouTube.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/raquel.png


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/umap_estradas_bloqueadas_ftrebien.png

A lista abaixo inclui os produtos em desenvolvimento:

Informações para redução de riscos de desastres (RRD) no município de Maricá – Rio de Janeiro, Brasil - Wordpress + Leaflet + OpenStreetMap - dados validados e acesso restrito à edição dos dados (apenas equipe) - https://ivides.org/infomarica (em andamento)

uMap - Informações para redução de riscos de desastres - dados que já estão no OpenStreetMap e que são recuperados automaticamente e em tempo real (On demand) + algumas poucas camadas estáticas, como a camada de sirenes - https://umap.openstreetmap.fr/pt-br/map/infraestrutura-marica_1013950#13/-22.9521/-43.0010 (em desenvolvimento)

Desastre – Rio Grande do Sul Floods 2024- Brasil - página de apresentação do projeto de mapeamento colaborativo em resposta ao desastre em curso - conjuntos de dados disponíveis para download e dois uMaps para suporte informacional (abaixo indicados) - https://ivides.org/desastre-rio-grande-do-sul-brasil-2024 (em andamento);

uMap - Mapa das áreas inundadas (INPE / UFRGS) / Hidrografia (SEMA-RS) / Pontos de Interesse (POIs) - áreas generalizadas de inundação, geradas a partir dos dados inicialmente divulgados no Disaster Charter (INPE/UFRGS, Ativação para o Rio Grande do Sul) + mancha de inundação para Porto Alegre e adjacências (UFRGS) + trechos de drenagem da bacia hidrográfica Taquari-Antas + pontos de disponibilização de água potável + localização de pontes (OSM) - https://umap.openstreetmap.fr/pt-br/map/desastre-rio-grande-do-sul-floods-2024-brasil_1064045#9/-29.9526/-52.1631 (em andamento)

uMap - Mapa on demand situacional de bloqueio total de vias / Vias destruídas - dados de vias completamente bloqueadas (não inclui os pontos de bloqueio parcial, pois são eventuais e difíceis de serem monitorados) (OSM) + pontos de projetos de mapeamento colaborativo completados ou em andamento (camada estática) + pontes completamente destruídas (OSM) - https://umap.openstreetmap.fr/pt-br/map/situacao-vias-rs_1070918 (em andamento)

IVIDES.org® é uma marca registrada.


IVIDES_logo

Location: Centro Histórico, Porto Alegre, Região Geográfica Imediata de Porto Alegre, Região Metropolitana de Porto Alegre, Região Geográfica Intermediária de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Região Sul, Brasil

Mapa dinâmico mostra dados sobre hidrografia e áreas de inundação


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org está elaborando mapas dinâmicos com dados importantes para o enfrentamento das consequências do evento catastrófico que acometeu o estado do Rio Grande do Sul (Brasil), desde 29 de abril de 2024 (data oficial), provocando quedas de barreiras, enchentes, inundações, destruição de estradas e pontes da região, isolando localidades e o óbito de habitantes e animais.

No uMap geral do desastre, estão disponibilizadas camadas sobre a hidrografia (trechos de drenagem) de parte do estado, especialmente, a Bacia Hidrográfica Taquari-Antas, a partir de dados da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA-RS); também a poligonal da inundação produzida recentemente pela UFRGS; as poligonais de áreas de inundação em setores do Rio Grande do Sul, generalizadas, a partir dos dados do INPE e parceiros/ Disaster Charter. Finalmente, os pontos de disponibilidade de água potável para Porto Alegre (capital do estado) e cercanias.

Também está disponível o uMap da situação das vias, mostrando as vias totalmente bloqueadas e as vias destruídas, que foram mapeadas no OpenStreetMap.

O projeto está documentado no portal IVIDES.org

Nos mapas web disponíveis, é possível realizar o download dos dados das camadas ou do mapa completo, a partir do controle (botão) de compartilhamento do mapa, no menu à esquerda do uMap.

IVIDES.org® é uma marca registrada.


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/umap.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/umap_vias.png


IVIDES_logo

Location: Taquari, Região Geográfica Imediata de Lajeado, Região Geográfica Intermediária de Santa Cruz do Sul - Lajeado, Rio Grande do Sul, Região Sul, 95860-000, Brasil

Mapeamento de cursos d’água com a participação especial de especialista das Nações Unidas


Tivemos grande satisfação em contar com o geógrafo Séverin Ménard (UN Mappers/UNGSC), realizando a oficina sobre o mapeamento de cursos d’água no OpenStreetMap (OSM), abordando ainda outras feições importantes, como os fords, nos pontos de cruzamento entre waterways e highways; ou as galerias, que permitem a passagem de água sob as vias.

A oficina foi organizada pelo Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org, que criou um projeto de mapeamento colaborativo no HOT Tasking Manager - https://tasks.hotosm.org/projects/16706/, para apoiar o enfrentamento da aguda crise humanitária, que acomete o estado do Rio Grande do Sul (Brasil), desde o final de abril de 2024. Neste projeto, é possível mapear os edifícios, vias e hidrovias que faltam, especialmente, na porção norte da área de interesse.

O IVIDES.org também disponibilizou um projeto de web map, que está sendo desenvolvido com uMap, com dados sobre os trechos de drenagem da região da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas e as poligonais das áreas inundadas pelos principais rios, generalizadas dos dados produzidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), disponíveis na ativação “Flooding in Brazil” no Disaster Charter.

Neste momento, o mapeamento de hidrovias é fundamental, tanto para as atividades de reposta, como as ações de socorro às vitimas do desastre, quanto para a fase da reconstrução e realocação de bairros e cidades inteiros, que foram atingidos pelo maior desastre visto no país.

Nosso agradecimento a Séverin Ménard, o palestrante especial, e a Victor Timotheo (GeoCart-UFRJ), que realizou o apoio técnico da sessão.

A agenda completa das oficinas e os recursos - documentos e vídeos, podem ser encontrados na página do treinamento.

As imagens abaixo foram recuperadas da apresentação realizada e do guia do JOSM, do UN Mappers Learning Hub (CC BY-SA), disponível na pasta virtual. IVIDES.org® é uma marca registrada.


A gravação da sessão pode ser encontrada no canal do IVIDES.org® no YouTube

imagem_desastre_rs


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/hot_tm.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/josm.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/opentopomap_unmappers.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/opentopomap.png


IVIDES_logo

Location: Taquari, Região Geográfica Imediata de Lajeado, Região Geográfica Intermediária de Santa Cruz do Sul - Lajeado, Rio Grande do Sul, Região Sul, 95860-000, Brasil

Oficina para turma do Centro de Investigaciones en Geografía Ambiental, da Universidad Autónoma de México - CIGA-UNAM


A convite, a Dra. Raquel Dezidério Souto (IVIDES.org) realizou oficina sobre criação de web maps com uMap e dados do OpenStreetMap (OSM) para uma turma do Centro de Investigaciones en Geografía Ambiental, da Universidad Nacional Autónoma de México, campus de Morelia, como parte do curso PACES.

A oficina abrangeu uma parte conceitual e outra, prática. O conteúdo abrangeu uma apresentação dos conceitos relacionados a web mapping; características, modelo de dados, editores e APPs do OSM; e características, vantagens e limitações do uMap, como solução para web mapping.

Na parte prática, foi mostrado como criar um web map, sendo necessário apenas criar uma conta de usuário no OSM. Como exemplo, foi demonstrada a importação de dados de um arquivo .csv como uma camada estática no uMap e a criação de uma camada dinâmica, que recupera dados automaticamente, por meio de uma instrução em Overpass QL. Além de comentários sobre permissões de edição e visualização do web map e peculiaridades relativas à aparência dos objetos no produto final.

A instrução em Overpass QL disponibilizada para recuperação automática de escolas que já estão mapeadas no OSM e visualização com camada dinâmica no uMap pode ser adaptada para outros objetos geoespaciais, como hospitais ou supermercados, por exemplo.


https://overpass-api.de/api/interpreter?data=[out:json][timeout:25];
(node["amenity"="school"]({south},{west},{north},{east}););out body;>;out center skel qt;

IVIDES.org® é uma marca registrada.


A gravação da sessão pode ser encontrada em:

Parte 1 - conceitual - canal do IVIDES.org® no YouTube

Parte 2 - prática - canal do IVIDES.org® no YouTube


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/img2-1.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/05/screenshot_mapa.png


IVIDES_logo

Location: Tenencia Morelos, Morelia, Michoacán, 58341, México

../

Posted by Raquel Dezidério Souto on 30 April 2024 in Portuguese (Português). Last updated on 2 May 2024.
Location: Urca, Rio de Janeiro, Região Geográfica Imediata do Rio de Janeiro, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Região Geográfica Intermediária do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Região Sudeste, Brasil

Participação no Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre - FLISoL Rio 2024


A Dra. Raquel Dezidério Souto, presidenta do IVIDES.org® e do YouthMappers UFRJ, ministrou palestra na edição carioca do FLISoL 2024, sobre Web map com uMap e OpenStreetMap, abrangendo os assuntos:

  1. Conceitos básicos relacionados ao web mapping;

  2. Características, modelo de dados, licença, acervos de dados, conversores, editores, APPs do OpenStreetMap;

  3. Características do uMap, suas vantagens e limitações;

  4. Estudo de caso - Web Map da Infraestrutura para Redução de Riscos de Desastres (RRD) no Município de Maricá (Rio de Janeiro, Brasil).

Todos os arquivos da apresentação podem ser encontrados na pasta virtual, que inclui a cópia do vídeo.


O vídeo da sessão pode ser encontrado também no canal do IVIDES.org® no YouTube.


Um agradecimento especial ao público participante ao vivo e aos(às) espectadores remotos! Agradecemos ainda aos(às) organizadores(as) do FLISoL Rio 2024, que contribuem para a disseminação do Software Livre na nossa cidade!

IVIDES.org® é uma marca registrada. Para entrar em contato sobre esta ação: ivides@ivides.org.


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_video-1.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img1.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img2_flisolrio2024.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img3_flisolrio2024.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img4_flisolrio2024.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img5_flisolrio2024.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/img6_flisolrio2024-scaled.jpg


IVIDES_logo

youthmappers-ufrj

IVIDES.org® realizou oficina sobre importação de POIs no OSM a partir de arquivo de dados do Censo Demográfico do Brasil 2022


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável promoveu uma oficina sobre importação de pontos de interesse (POI) no OpenStreetMap, a partir de um arquivo de valores separados por vírgula (.csv).

O conteúdo abrangeu os pontos de interesse obtidos do conjunto de dados do Censo Demográfico 2022, mas os organizadores salientam que a rotina pode ser utilizada para a importação de outros tipos de pontos geocodificados no OpenStreetMap.

Todos os arquivos da apresentação podem ser encontrados no portal do treinamento, que inclui também a agenda dos demais encontros.

https://ivides.org/oficinas-mapeamento-openstreetmap

Um agradecimento especial ao público participante ao vivo e aos(às) participantes futuros desta ação! Agradecemos ainda aos nossos parceiros: HUB YouthMappers Rio de Janeiro, YouthMappers Brasil, YouthMappers Internacional e os laboratórios associados - Laboratório de Cartografia - GeoCart-UFRJ, Laboratório ESPAÇO de Sensoriamento Remoto e Estudos Ambientais - Espaço-UFRJ, Laboratório integrado de Geografia Física Aplicada - LiGA-UFFRJ e Laboratório de Modelagem Geográfica - LabModel UERJ. E também ao Victor Hugo Timotheo, que participou da transmissão, no apoio técnico.

IVIDES.org® é uma marca registrada. Para entrar em contato sobre esta ação: ym.ufrj@gmail.com.


https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt.png

A gravação da sessão pode ser encontrada no canal do IVIDES.org® no YouTube.


O DOWNLOAD DOS ARQUIVOS DA OFICINA está disponível! – Arquivo da apresentação e arquivos extras.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt7.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt3.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt4.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt4.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_yt4.png


P.S.: Sobre os dados de latitude e longitute, que foram mantidos como estiquetas no conjunto de dados da oficina, está incluída uma justificativa no arquivo da apresentação e na sessão gravada e disponível no YouTube. A wiki OSM informa que tais etiquetas são “descartáveis”, porém mantivemos os dados das coordenadas para facilitar as oficinas de validação que serão realizadas pelo YouthMappers UFRJ, após este estágio de mapeamento colaborativo dos pontos de interesse.


IVIDES_logo

youthmappers-ufrj

../

Posted by Raquel Dezidério Souto on 15 April 2024 in Portuguese (Português).

IVIDES.org® realizou mini curso sobre mapeamento com OpenStreetMap voltado à redução de riscos de desastres


No dia 11 de abril de 2024, o Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org, na pessoa de sua presidenta, Dra. Raquel Dezidério Souto, promoveu um mini curso sobre mapeamento colaborativo com OpenStreetMap e voltado à redução de riscos de desastres (RRD). O treinamento foi oferecido aos(às) servidores(as) de defesas civis de diversos estados do Brasil, como parte de um curso sobre logística para desastres.

Como parte dos documentos, foi incluída uma lista preliminar de feições relacionadas à RRD e as etiquetas correspondentes. Todos os arquivos da apresentação podem ser encontrados neste LINK.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/foto1_vf2.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/foto2_vf2.png

IVIDES_logo

IVIDES.org® realizou oficina sobre POI


O Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável promoveu uma oficina sobre mapeamento colaborativo de pontos de interesse (POI) com OpenStreetMap.

O conteúdo abrangeu os pontos de interesse mais utilizados e um diferencial, o mapeamento dos pontos costeiros e marinhos, que são frequentemente negligenciados nas palestras e cursos sobre o assunto.

Todos os arquivos da apresentação podem ser encontrados no portal do treinamento, que inclui também a agenda dos demais encontros.

https://ivides.org/oficinas-mapeamento-openstreetmap

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_video.png

A gravação da sessão pode ser encontrada no canal do IVIDES.org® no YouTube.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/capa_video2-1.png

DOWNLOAD DOS ARQUIVOS DA OFICINA – Arquivo da apresentação e arquivos extras.

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/fig2.png

https://ivides.org/wp-content/uploads/2024/04/fig.png

IVIDES_logo

youthmappers-ufrj

🍾 YouthMappers UFRJ celebrates its first year!


Ler em português

The YouthMappers UFRJ (Rio de Janeiro, Brasil) completed one year on March 14th, 2024.

And to celebrate this special date, we interviewed Dr. Rogério Luís R. Borba, analyst at the IBGE Foundation and manager of the Brazilian Geospatial Data Directory (“Diretório Brasileiro de Dados Geoespaciais, DBDG) of the Brazilian National Spatial Data Infrastructure (“Infraestrutura Nacional de Dados Geoespaciais”, INDE).

🎥 Watch on IVIDES.org’s YouTube channel.

entrevista_youtube

Rogério talked to us about the importance of open data and how the collaborative mapping can helps Brazil in the production of official cartographic data. The interview was conducted by Dr. Raquel Dezidério Souto and all details can be found at:

🔗 https://ivides.org/youthmappers-entrevista-rogerio-borba

imagem_entrevista

The YouthMappers UFRJ chapter is an open collaborative mapping initiative, result of a partnership between the Virtual Institute for Sustainable Development - IVIDES.org and the Laboratory of Cartography - GeoCart-UFRJ, chaired by Dr. Raquel Dezidério Souto.

IVIDES_logo

youthmappers-ufrj

🍾 YouthMappers UFRJ comemora 1 ano de registro!


Read in English

O capítulo YouthMappers UFRJ (Rio de Janeiro, Brasil) completou, no dia 14 de março de 2024, 1 ano de registro internacional.

Para comemorar esta data especial, entrevistamos o Dr. Rogério Luís R. Borba, analista da Fundação IBGE e gerente do Diretório Brasileiro de Dados Geoespaciais (DBDG) da Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE).

🎥 Assista no canal do IVIDES no YouTube.

entrevista_youtube

Rogério conversou conosco sobre a importância dos dados abertos e como os mapeamentos colaborativos podem auxiliar o Brasil na produção de dados cartográficos. A entrevista foi conduzida pela Dra. Raquel Dezidério Souto e os detalhes podem ser conhecidos em:

🔗 https://ivides.org/youthmappers-entrevista-rogerio-borba

imagem_entrevista

O capítulo YouthMappers UFRJ é uma iniciativa de mapeamento colaborativo aberto, fruto da parceria entre o Instituto Virtual para o Desenvolvimento Sustentável - IVIDES.org e o Laboratório de Cartografia - GeoCart-UFRJ, sendo presidido pela Dra. Raquel Dezidério Souto.

IVIDES_logo

youthmappers-ufrj

../

Posted by Raquel Dezidério Souto on 9 March 2024 in English.